Reforço ajuda a atender às necessidades especiais de cada estudante

Todo estudante precisa de um cuidado especial. Assim nós do Centro de Apoio Pedagógico (CAP) enxergamos nossos alunos. Por isso, aqui as aulas – seja de reforço escolar, acompanhamento pedagógico ou cursos preparatórios (IFBA, Enem, Cpa- Supletivo) – têm atendimento individualizado.

O que é isso? Quer dizer que no CAP, cada estudante é avaliado individualmente pela equipe pedagógica e é criado um plano de estudos específico para ele. De acordo com o passar dos dias e desempenho do estudante, esse plano vai sendo atualizado. Interessou? Então, entre em contato e descubra o prazer de aprender mais todos os dias.

infográfico sobre TDAH

infográfico sobre TDAH

E, se você descobriu uma dificuldade de aprendizagem e acha que isso é empecilho para aprender com prazer, veja a história dessa jovem que quebrou preconceitos e apostou no conhecimento:

“Com essa equipe multidisciplinar eu aprendi que não podia mudar a minha rotina, o meu trabalho, porque tinha uma filha com Down. Eles ensinaram que ela precisava de estímulos, mas que deveria ser tratada como uma pessoa comum. Foi o que eu fiz”, mãe de Débora Seabra. (leia matéria completa: Professora com Down vira exemplo na luta pela inclusão na escola)

E você? Que sonho quer conquistar por meio dos estudos e da aprendizagem?

Reforço escolar deve funcionar como complemento à aula

Engana-se quem pensa que o reforço escolar serve apenas para repetir o que já foi dito em sala de aula.

A experiência com o CAP (Centro de Apoio Pedagógico) em Salvador mostra a cada dia como é importante apresentar novas abordagens de um mesmo assunto a depender do perfil do aluno.

_______________

“É possível ampliar os contextos da matéria e dedicar mais tempo à compreensão do ponto exato em que reside a dúvida do aluno”

_______________

Além disso, as novas amizades e a troca de conhecimento entre os estudantes são pontos fortes que tornam o reforço escolar um importante momento de descobertas.

Reforço escolar: abordagem complementar

Veja o que diz essa matéria da  Revista Educação no portal UOL:

“Sem o cronograma rígido das aulas regulares, é possível ampliar os contextos da matéria e dedicar mais tempo à compreensão do ponto exato em que reside a dúvida do aluno, que tipo de raciocínio ele não está conseguindo desenvolver”.

A matéria é bem legal e pode ser conferida na íntegra nesse link.